Pedreiro que teve mãos decepadas nega roubo

0
416

O Pedreiro, Josemar Ferreira de Souza, 32 anos, que teve as mãos decepados por um fazendeiro que o acusa de roubo de cabras, na cidade de Pilão Arcado, distante 700 km de Salvador, negou a acusação. Ele  alega que estava perto da fazenda do agressor para colher esterco, que seria usado para plantar hortaliças, e que em nenhum momento entrou no local.

O caso aconteceu na segunda-feira, 15, e Josemar recebeu alta do Hospital Universitário de Petrolina (Hospital de Traumas), em Pernambuco, na quarta-feira, 17. Como não pode assinar sua versão do acontecido, seu depoimento para a polícia foi gravado, informou a polícia civil.

A esposa dele prestou depoimento na delegacia da cidade e lamentou a perda dos membros do marido, informou a polícia.

Segundo informações da PC, Norberto da Silva Moraes, de 42 anos, deve responder por tentativa de homicídio por motivo fútil, cruel e sem possibilidade de defesa da vítima. O fazendeiro foi preso em flagrante e segue detido na delegacia de Pilão Arcado.

Foto: Divulgação
Fonte: A Tarde

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here