Médico mata a mulher logo após festa de casamento em briga sobre acordo pré-nupcial

0
436

Um anestesista de Indiana, nos Estados Unidos, matou a mulher minutos após o fim da festa de casamento dos dois, no último sábado. George Scott Samsom, de 54 anos, teria começado a brigar com Kelly Ecker, de 50 anos, ainda na frente dos convidados, que, após a recepção, continuaram a comemoração na mansão onde o casal moraria.

Segundo testemunhas, ele estaria alterado por ter abusado de bebidas alcoólicas e teria dito que ela “nunca colocaria as mãos ” no dinheiro dele. Por conta do desconforto causado pela discussão, os amigos do casal teriam deixado a festa mais cedo. Kelly foi encontrada morta dentro de casa na manhã de domingo.

Kelly trabalhava como enfermeira no hospital onde George era anestesista.Kelly trabalhava como enfermeira no hospital onde George era anestesista. Foto: Reprodução/ Facebook

De acordo com informações do tabloide britânico Daily Mail, a enfermeira, que trabalhava no mesmo hospital do marido, fez a primeira ligação para o serviço de emergência local três minutos após a saída do último convidado, dizendo que o marido ia matá-la. As duas primeiras ligações pedindo socorro terminaram subitamente e na terceira tentativa de contato uma série de disparos pôde ser ouvida do outro lado da linha. As autoridades chegaram à casa de Kelly e George cerca de 30 minutos após a última ligação e a encontraram morta no quarto que era usado pelo filho de 10 anos, fruto de um relacionamento anterior da vítima. A criança e um casal de idosos, supostamente os pais do anestesista, também estavam no imóvel, mas não foram feridos.

O médico tinha uma licença para comprar e vender armas em casa e foi encontrado sem vida no porão. A polícia recuperou um arsenal de armas no imóvel, incluindo rifles, pistolas e centenas de cartuchos de munição.

Casal foi encontrado morto na mansão onde moravam e encontraram amigos após a festa de casamento.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here