Lutador se entrega à polícia e diz ter matado 11 pessoas no Rio de Janeiro

0
359

Segundo a polícia, oito vítimas já foram identificadas, entre elas o padrasto do suspeito

Michel de Oliveira, de 31 anos, que mora em Japeri, cidade na Região Metropolitana do Rio, apresentou-se à Polícia Civil na semana passada e foi preso após afirmar, segundo a instituição, ter matado 11 pessoas.

Segundo a polícia, oito vítimas já foram identificadas, entre elas o padrasto de Michel. O homem não soube dizer quem são as outras três vítimas. Oliveira afirmou à polícia que decidiu se apresentar à 6ª Delegacia de Polícia (Cidade Nova) após descobrir que estava sendo procurado pela 63ª DP (Japeri).

Segundo ele, todas as vítimas são desafetos dele ou moradores de comunidades “rivais”. A Polícia Civil suspeita que ele atuasse como matador para traficantes da favela Nova Belém, onde morava. Em um dos crimes, segundo a polícia, Michel usou uma tampa de bueiro para agredir um homem até a morte.

Michel contou, em depoimento, que era lutador e teria usado golpes de muay thai para derrubar uma das vítima antes de matá-la. A veracidade da confissão está sendo investigada.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here