Conceição do Almeida: empresa alega que prefeitura dificulta acesso à licitação

Conceição do Almeida: empresa alega que prefeitura dificulta acesso à licitação

0

Após o Ministério Público do Estado (MP-BA) expedir recomendação ao gestor para que não realize gastos elevados com festas juninas neste ano de 2017, a prefeitura de Conceição do Almeida foi alvo de mais uma polêmica. Representantes da empresa Menzes Máquinas e Equipamentos LTDA alegam que a gestão tem imposto dificuldades para acesso ao edital para a locação de estruturas destinados às festividades juninas. O prefeito é Adailton Campos Sobral.

De acordo com o representante da empresa, o pregoeiro Egberto de Almeida Cardoso Filho e a Secretária de Administração, Renata Suely, restringiram que ele e outras empresas tivessem acesso ao Edital de Licitação, usando como forma de intimidação seguranças para retirá-los da sala de licitação. O suposto episódio foi registrado em vídeo e anexado à denúncia enviada ao MP-BA.

Ainda segundo a empresa, a suspeita é de que há direcionamento visando favorecer empresas de interesse da gestão municipal. Adailton Campos Sobral foi encaminhado para o Ministério Público do Estado da Bahia por supostas irregularidades em licitações cometidas durante os exercícios de 2009 e 2010.

O caso foi levado à Promotoria Pública de Justiça da Comarca de Conceição do Almeida. O Edital estaria disponível em sua sede das 08h às 12h, de segunda 2ª a 6ª feira, mas o acesso teria sido negado pela comissão de licitação. O BNews tentou contato com a prefeitura do município e com a Secretaria de Administração, porém, sem sucesso. Fonte e Foto: Bnews

NOVO SITE
PUBLICIDADE

Sem cometários

Resposta

6 − 3 =