Cadeia neles: Esquema de corrupção em Ilhéus é destaque na TV; acusados...

Cadeia neles: Esquema de corrupção em Ilhéus é destaque na TV; acusados estão presos

0

 

Denúncia é a de que um esquema de licitações fraudulentas entregou carne vencida para merenda

A cidade de Ilhéus foi alvo de uma reportagem do programa “Fantástico”, exibido pela TV Globo, na noite deste domingo (14). A denúncia é a de que um esquema de licitações fraudulentas entregou carne vencida para merenda. “Os responsáveis são políticos com validade vencida”, diz a reportagem.

De acordo com o jornalístico, a negociata para operar as licitações começava na Prefeitura de Ilhéus desde 2009 e todo o esquema de corrupção só acabou com a realização da Operação Citrus, neste ano, que prendeu dentre outras pessoas o vereador mais votado no município nas últimas eleições, Jamil Ocke. Além dele, foram presos também o ex-secretário Kacio Brandão, empresário Enoch Andrade e sua esposa Thayane Santos Lopes.

Segundo o MP, Jamil armava o desvio de dinheiro quando era secretário. O jornalístico também colocou em evidência o péssimo estado de diversas escolas, como uma que fica em Jacu, bairro rural de Ilhéus. A escola funciona num barraco de taboa, com teto furado, madeiras quebradas e condições difíceis para os alunos.

“O grupo operado por Enoch fornecia carne vencida há mais de 2 anos”, disse Frank Monteiro Ferrari, promotor de Justiça. A carne estava vencida desde 2014 e foi entregue às merendas no ano passado, em 2016. Esta carne só não foi consumida pelos alunos porque a fraude foi descoberta a tempo.

ANUNCIO-PARA-O-SITE
PUBLICIDADE

Em nota, o advogado de Kácio Brandão diz que o “patrimônio de Kácio é incompatível com as acusações de envolvimento em desvio de milhões de reais do dinheiro público do município”. Já os advogados de Jamil afirmaram que ele é “professor da rede municipal de Ilhéus e jamais participou de atos ilícitos”. Fonte: Varela Noticias/ Foto: Divulgação

vereador
Vereador mais votado da cidade nas últimas eleições municipais, Jamil Ocke

Sem cometários