Bahia: Ex-secretário acusado de estuprar uma mulher e tentar abusar de duas adolescentes é preso

0
623

Ele forjou assalto e atirou no próprio braço para fugir da denúncia

Um homem foi preso no município de Itamaraju, no extremo sul da Bahia, suspeito de estuprar uma jovem de 18 anos e ainda tentar abusar sexualmente de duas adolescentes. O acusado, Alexsandro Souza Sena, de 34 anos, é ex-secretário de Administração da cidade de Jucuruçu, na mesma região. Os três crimes aconteceram no mês de março. Alexsandro foi preso nesta segunda-feira (23), após ser reconhecido pelas três vítimas e ter confessado os crimes.

De acordo com a delegada Dilma França, o estupro aconteceu no último dia 3 de março, quando ele abordou a vítima na porta de casa e a conduziu para uma região deserta, onde o crime aconteceu. “A vítima contou que ele estava armado. Em depoimento, ele assumiu o crime e disse que não era uma arma de verdade, mas uma pistola de vacina de gado”, detalhou.

Foto: Reprodução/Itamaraju Notícias

No dia 17 de março, o ex-secretário invadiu a casa de outra moradora do município e tentou estuprar uma menina de 14 anos. Entretanto, ele fugiu após ela gritar pelo pai. Devido a primeira tentativa do homem, os pais da adolescente instalaram câmeras de segurança e alarme na residência. Entretanto, na última sexta-feira (20), Alexsandro voltou à residência.

Dessa vez ele não conseguiu ir muito longe em sua tentativa, pois foi surpreendido pelo alarme. “A vítima viu que ele estava com um blusão do Brasil. O pai, então, saiu de carro pelas ruas atrás do suspeito, quando conseguiu avistá-lo numa moto. Na ânsia de pegá-lo, acabou atropelando-o. Ainda assim, ele conseguiu fugir”, comenta a delegada. “Ele é uma pessoa que tem problemas comportamentais. Ele toma remédios controlados e parece ter mania para isso [crimes sexuais]“, contou a delegada sobre o suspeito.

Para escapar de quaisquer suspeitas sobre o caso, Alexsandro encenou um roubo de sua moto com direito a um tiro no próprio corpo. Segundo a delegada, o objetivo do homem era que a polícia pensasse que quem invadiu a casa da adolescente havia sido o ladrão. “Ele prestou queixa no sábado [dia seguinte ao atropelamento]“, afirma. Nessa época, ele ainda não era visto como um suspeito para as ações.

Ainda antes de ser encontrado pelo pai da adolescente, o ex-secretário tentou abusar sexualmente de outra menina da cidade. “Ele é bastante dissimulado e não parece ser uma pessoa normal”, conta a delegada, que conseguiu mandado judicial para prender o suspeito após depoimentos das três vítimas. Alexsandro está detido e encontra-se à disposição da Justiça.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here