173 motoristas são flagrados em “blitz” dirigindo no carnaval alcoolizados

0
332

Em dois dias de operação, a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) dobrou o número de autuações em blitze de Lei Seca, em comparação com 2014.

Já são 751 abordagens, enquanto que em 2014 foram 435. Apenas por dirigir alcoolizado, em 2015, foram identificados 173 condutores, contra 78 em 2014.

Acidentes foram 12 nos dois primeiros dias do ano passado e apenas três em 2015. Quanto aos acidentes fatais, em 2015, não houve registro. Em 2014, foram dois.

O superintendente Fabrizzio Müller destacou a importância da operação. “Intensificamos ainda mais a operação e os números mostram que está dando resultado. De um ano para o outro, estamos sentindo a diferença, e vamos continuar trabalhando cada vez mais, com o intuito de reduzir o número de acidentes, zelando pela segurança no trânsito”.

Durante as duas blitze realizadas em pontos distintos da cidade, na noite da quinta-feira (12), agentes da Transalvador abordaram 376 condutores. Desse total, 105 foram autuados – 77 por dirigir alcoolizado e 28 por demais infrações. Onze veículos foram removidos ao pátio da Gtran e 76 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) foram apreendidas.

Para liberar o veículo, o proprietário deve se dirigir ao pátio da Gerência de Trânsito (Gtran), no Vale dos Barris, munido do documento do carro (regularmente licenciado) e a Carteira Nacional de Habilitação.

O horário de funcionamento no Carnaval é das 8h30 às 20h e o veículo só será liberado após o pagamento das taxas do guincho e da diária.

Para carro de passeio, a taxa do guincho é R$ 280,90 e a diária R$ 44,94; já para moto, o guincho custa R$ 67,42 e a diária R$ 28,10.

Tribuna da Bahia
Foto: Divulgação

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

vinte − sete =